que seja fraqueza então…

13 de setembro de 2010

– Tu é fraco!

Vociferaram mundos e fundos a turba ao meu redor. Não tive contra-argumentos. Não podia fazer nada. Era verdade. Pensei em recorrer ao Lulu Santos e declamar que Pode até parecer fraqueza. Mas seria ainda mais idiota. Os olhares acusadores esperavam uma defesa. Alguma palavra sequer. Naquele instante até a lua parou pra minha resposta.

– Tá bom, sou fraco e admito!

Então os acusadores se dividiram entre aqueles que sentiam pena e aqueles que davam risadas. Nessa hora, uma salvadora começou a cantar “Timidez” do Biquini Cavadão. E tudo então virou uma grande brincadeira com músicas, palavras, cerveja e futebol.

Mas a fraqueza não tinha sumido. Era um elefante branco dentro da minha cabeça. “Agora é Tarde”. Quantas vezes eu tinha ouvido isso? Insegurança. Medo. O que pode acontecer de ruim? Tu não tinha nada. Continua sem nada. Mas pelo menos tentou ter algo. É difícil a lógica matemática da vida. Mais fácil dividir uma conta astronômica por 7 pessoas.

Anúncios

só…

23 de fevereiro de 2010

às vezes eu penso que seria bom dar um RESTART. Ou então pode usar aquele aparelho do MIB. E fazer uma memória nova. Criar, mudar, escolher.

Agora me sinto como se a água estivesse acabando. O que fazer? O que fazÊEEEr? Vamos pra frente.

e agora?

Correr, correr sem tentar parar…

%d blogueiros gostam disto: