não sou eu, babe

25 de abril de 2010

Eu tava assistindo Johnny & June e prestei maior atenção a essa música. Diz muita coisa sobre mim, ou não. Sei lá. Descobri que a música é do Bob Dylan. Tem uma versão muito bonita no youtube da Joan Baez. Merece ser ouvida. Como eu sou chato e pretensioso acho que vocês não sabem nada de inglês vou botar a letra traduzida…o video tem legenda se quiserem cantar junto.

Não sou eu, Baby

Vá embora pela minha janela
Vá embora na velocidade que você quiser
Não sou quem você quer, baby
Não sou quem você precisa.
Você diz que está procurando por alguém
Que nunca seja fraco, mas sempre forte
Para proteger e defender você
Sempre que você esteja errada ou certa
Alguém para abrir toda e qualquer porta.

Mas não sou eu, baby
Não, não, não, não sou eu, baby
Não sou eu quem você está procurando.

Vá levemente pelos cantos, baby
Vá levemente pelo chão
Não sou quem você quer, baby
Eu sempre te farei mal.
Você diz que está procurando por alguém
Que prometa nunca te deixar
Alguém que feche seus olhos para você
Alguém que feche seu coração
Alguém que morra por você e mais.
Mas não sou eu, baby
Não, não, não, não sou eu, baby
Não sou eu quem você está procurando.

Você diz que está procurando por alguém
Para te conduzir toda vez que você cair
Para recolher flores constantemente
E para vir toda vez que você ligar
E vai te amar toda a vida
E nada mais.

Anúncios

Música da Semana #5

23 de abril de 2010

Sei lá…é uma lição de vida…vou colocar a letra em português só isso…

The Gambler – KEnny Rogers (minha versão é com Johnny Cash)

Numa tarde quente de Verão’, em um trem para lugar nenhum
Eu encontrei com o jogador.  Estávamos ambos muito cansados para dormir.
Então, nós revezamos olhares para fora da janela na escuridão.
Quando o tédio nos ultrapassou, ele começou a falar.

Ele disse: “Filho, eu levei a vida lendo o rosto das pessoas.
Sabendo as cartas que foram pela forma como moveram seus olhos.
Então, se você não se importa que eu estou dizendo, posso ver que você está fora dos trilhos,
Por um gole do seu uísque, eu vou lhe dar alguns conselhos. ”

Então, eu lhe entreguei a minha garrafa e bebeu a minha última gota.
Então ele sacou um cigarro e pediu-me fogo.
E a noite tem um silêncio mortal, e sua face perdeu toda a expressão.
Ele disse: “Se você vai jogar o jogo, garoto, você tem que aprender a jogar direito.”

Você tem que saber quando segurar, sabe quando soltar
Saber quando sair, saber quando correr.
Você nunca deve contar o seu dinheiro quando você está sentado na mesa.
Haverá tempo suficiente para contar quando o dealer acabar.

Cada jogador sabe que o segredo para sobreviver
É saber o que jogar fora e saber o que manter.
Porque toda mão é vencedora e toda mão é perdedora
E o melhor que você pode pedir é morrer em seu sono. ”

E quando ele terminou por falar, ele voltou para a janela,
Esmagando o seu cigarro e desapareceu para dormir.
E em algum lugar na escuridão, o jogador quebrou mesmo.
E em suas palavras finais, eu encontrei um às que eu poderia manter.

%d blogueiros gostam disto: