Quero Seu Rock’n Roll

14 de março de 2011

Não, amor, não quero você de franja na cara. Medindo as palavras. Pensando três vezes antes de falar, agir e se mover. Não quero você como uma boneca de porcelana, manequim de loja de shopping. Modelo de capa de revista. Não quero você pedindo “licença”, não quero você pedindo desculpas. Bom dia. Boa tarde. Não quero você organizando as camisas por cores. Não quero você andando em linha reta.

Quero você descabelada, suada, surtada. Quero você vociferando improperios. Ocultando mistérios. Quero o seu lado B. Seu segredo mais obscuro. Quero você xingando no trânsito. Gritando na transa. Pedindo sempre mais. Quero você de mau humor. De lápis borrado. Quero suas lágrimas de ódio. Quero seu cisne negro.

Não me contento com esboços, meninas pré-fabricadas. Quero seu improviso. Sua gagueira. Sua cegueira. Quero você suja de lama, quero você nua na cama. Quero strip-tease. Quero minhas camisas rasgadas. Quero você molhada. Quero sua língua. Quero seus lábios mordendo os meus. Quero arranhões. Quero selvageria.

Quero você de TPM. Quero você num estádio de futebol. Maldizendo o bandeirinha. Quero você debaixo da mesa, provocando. Quero você perdidamente apaixonada. Sem fôlego. Sem saber o que dizer. Quero você cortando com palavras. Quero você de faca na mão. Quero você rodízio de churrasco. Quero você sequestradora.

Quero você contando crimes. Quero saber qual dos pecados você comete. Qual você finje não cometer. Quero você sem religião. Sem política externa. Quero você destruindo castelos. Invandindo países. Vencendo no War. Quero os seus palavrões. Sua fera ferida. Aquela vampira escondida.

Não quero calmaria. Quero tsunami. Cansei de lavanderia. Quero manchas disformes. Quero careta nas fotografias no lugar de sorrisos. Quero pés descalços. Quero maratona. Não quero discursos prontos. Não quero parabens. Quero saber quais as regras que você sempre quebra. Quero banho de chuva. Quero você fora de si. Quero demais. Quero inteira. Quero besteiras. Quero doidices.

Não quero guarda-chuva. Não quero luva. Quero você tremendo de frio. Reclamando do calor. Da luz intensa. Dos óculos escuros. Quero seu amor mais puro. Sem mistura. Sem adoçante. Sem tempero. Quero sua natureza. O seu instinto. Quero vinho tinto. Quero cachaça. Quero sua graça. Seu sarcasmo. Sua ironia. Quero virar piada. Quero ser o seu tudo. Quero ser mais nada.

Quero você às quatro da manhã gritando na minha janela. Pedindo meu nome. Exigindo qualquer coisa. Quero você com rolo de macarrão me esperando. Quero você tapa na cara. Quero seus recados ameaçadores no espelho do banheiro. Quero chantagem. Quero acusação. Quero meu carro sujo de tinta. Quero uma parede nova por semana. Quero seu engano. Seu trote. Quero ligações privadas. Mensagens desaforadas. Quero estar na tua mente. Quero você demente. Doente. Carente.

Quero comer com mão. Sujar os beiços. Quero caveiras. Não quero terços. Quero sem nexo. Sem roteiros. Quero topless. Quero praia de nudismo. Quero pular do oitavo andar. Quero redes de proteção. Quero cão. Quero fantasias. Cartas rasgadas. Fotos queimadas. Quero o seu lado mais intenso. Quero momento. Quero tragédias. Não peço redeas. Não quero direção. Nem freios. Quero bancos arriados. Vidros embaçados. Roupas pelo chão.

Quero os pratos na pia. Sua calcinha na geladeira. Quero seu cheiro de menta. Seu bafo de tequila. Quero ataques. Contra-ataques. Não quero mais retranca. Quero veneno. Não remédio. Quero loucura longe do tédio. Quero seu Rock’n Roll. Quero te ver quebrando instrumentos. Torturas. Quero você de joelhos. Quero puxar seus cabelos. Quebrando todos espelhos. Quero você. Seja do jeito que você for. Seja do jeito que quiser.

Anúncios

4 Respostas to “Quero Seu Rock’n Roll”


  1. Onde tu tá aprendendo escrever assim, hein?!

    *brincadeirinha* HAHA

    PQP, GD, tá muito bom! E tá Adriana Calcanhotto! 😀

  2. Tangerine. Says:

    O ruim de querer tanto é também a melhor parte. A gente nunca fica satisfeito, continua querendo, querendo e querendo… Mas a graça da vida é justamente desejar.
    Beijos!

  3. Isabella Says:

    Tá perfeito, GD. Muito bem escrito 🙂

  4. Thayza Gabi Says:

    Virei tua fã, Geh.. Azeitonas já tá nos meus favoritos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: