Sem Limites

24 de fevereiro de 2011

Ela curtia um sertanejo enquanto eu via videos antigos da NBA. Eu debulhando meu vício por Hakeem Olajuwon e ela se esgoelando junto a Zezé di Camargo. Era uma combinação quase brilhante, a sagacidade das palavras dela com minha cara de tédio constante. O mundo parecia girar ao nosso redor. Eu era feliz e não sabia.

Ela me pedia sempre mais. Mais de tudo que eu podia e não podia dar. Era um jogo de interesse. A gente combinava até demais. O meu riso de auto-ironia com o balançar dos quadris dela. E a sexta-feira era pequena pra tanta festa. Tanta exposição. Tanto alcool alimentando nossa mente.

Mas era uma tortura, se esforçar pra atender seus desejos de boneca mimada. Nada disso fazia sentido. Senta aqui e vamos conversar. A gente vivia sem limites, uma vida desregrada. Nada poderia ser melhor. Eu era feliz e já sabia, mas a gente cansa.

Senta pra vomitar na beira da calçada, com a cabeça entre as pernas as coisas parecem fazer sentido. Não dá mais pra ser assim. Vamos desacelerar, que tal freios? Air-bag? Alguém que te dê segurança?Ela então me olhou, com aquela maquiagem de fim de festa, dentro dos olhos e me pediu pra ser mais simples. Logo eu, que adoro as complicações diárias de um mundo cruel.

Enquanto eu escrevia textos com meu violão, algum ressentimento de goiano tresloucado. Eu chorava mesmo sem lágrimas, lamentando a distância dos nossos lábios. Uma moda sertaneja. Mesmo não sendo o meu estilo. Ela sabia que era a hora de mudar, voltar as raizes e me esquecer. Eu também sabia que não dava mais.

Então só nos resta lembrar dos tempos de boemia, das bebedeiras homéricas, trepadas histéricas e viagens hipoteticas. Eu era feliz e agora não quero mais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: