Boa ventura

19 de fevereiro de 2011

Repelido pelas batidas fortes do seu coração, eu paro alguns segundos. Apenas pra observar o jeito que seu peito se enche de ar e esvazia. Você está agoniada, apaixonada, não sente nada mais. Eu espero a chuva passar pra poder te levar pra outro lugar. Nos meus braços você pode ficar, vou tentar te proteger.

Meus dedos buscam suas partes mais escondidas, aquele pedaço com cheiro peculiar que eu tanto adoro. Você fica parada, não diz nada, mas depois volta a sua dança epiletica que me assustava antigamente, já me acostumei, meu bem. Já me acostumei. Com seu respirar arfado depois da meia-noite.

Aceleração continua e prolongada, por longos minutos sentados no banco do carro. Olhando atentamente pra vê se ninguém se aproxima, cadê você? Entre suas pernas eu me perco. Entre os dias que não param de correr. Cadê você? De volta ao mundo real, desde desse pedestal. Não sou tão mau assim.

E depois o fim. Você para pra desenhar bonecos no vidro do carro. No embaçado do nosso gás carbonico. Eu espero que você volte semana que vem. No mesmo lugar. No mesmo horário. Vem me buscar. Pra gente repetir tudo do mesmo jeito ou quem sabe inventar uma nova posição do Kama Sutra. Escuta. São as batidas do meu coração.

Então pego seu pulso e por impulso mordo forte, não solte os meus cabelos. No espelho vejo sua cara. De quem está feliz. Mesmo sem motivo pra sorrir. Vem pra cá, amor selvagem. Estarei esperando com o mesmo olhar e o sorriso bobo de quem te quer pra sempre. Como aquela canção do Elvis, vocÊ está sempre na minha mente. Não minto.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: