Refrões (de Bolero)

19 de janeiro de 2011

Estavámos lá, parados, dentro do seu carro. Ela de óculos escuros. Eu de boné vermelho. Ela tentava esconder as noites mal dormidas enquanto eu, a falta de cabelo. Mas o medo talvez fosse mais fácil de esconder. Ela ria antes e depois de cada frase, mas aquele riso soava como uma gargalhada malefica dos desenhos da Disney. E eu não tenho mais paciência pra montanhas-russas. Nem a morte da mãe do bambi.

E como um refrão que quase ninguém ouviu e se ouviu não se lembra, eu disse: – Conta pra mim, o que te fez chorar? Nunca mais quero te ver chorar!

Nossos sonhos escorriam como a chuva do lado de fora. A fera atacando filhotes indefesos. Seu desejo é uma ordem. O caos. Sim, o caso era sério. Talvez. Antes e depois das risadas de sempre a gente se entende. Num beijo molhado e demorado. Como nos filmes americanos. E nossos beijos são como ímãs. E não me deixam ir. Fica só mais um segundo. Um minuto. Uma hora. A eternidade. Ou apenas até a chuva passar…

E ela, como um refrão largado no esgoto por alguma banda nacional, retrucou: – Se viver fosse viver sem você, que bom seria. Mas não dá mais pra viver sem você, nem mais um dia.

Como é tão bom não planejar, não criar cronogramas numa planilha na tela do computador. Deixar o acaso te acusar. Levar a vida que se leva ou que deixam a gente levar. Não quero mais ser comunista se isso implica dividir você com os outros. Não quero mais regime nenhum a não ser o que chamamos de dieta. Só você no meu cardápio. E eu prometo que não enjoarei do mesmo prato toda noite. Todo dia. O dia inteiro.

E então em unissono nós dois terminamos a noite filosofica e silenciosa com um refrão antigo: – Meu coração, não sei por quê bate feliz quando te vê e os meus olhos ficam sorrindo e pelas ruas vão te seguindo, mas mesmo assim foges de mim.

…logo eu, que aprendi a ser carinhoso assim com você…sim, aprendo rápido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: