Traga Coca-cola

5 de janeiro de 2011

Desisto! Sim, game over. Vou embora. Desliga a luz quando sair. Não consigo mais esperar. Odeio. Indecisão insegura de terças-feira. Você não dá sinal de vida e eu não estou bebada o bastante pra te fazer uma surpresa. Pode ir. Vá. Rápido e não olhe pra trás. Se um dia voltar, traga coca-cola.

Vou divertir em outras bocas, outros becks, outros becos. Descobrir que não sou tão boa assim. Não falo tão alto, nem escrevo tão bonito. Vou sumir. Apagar a luz. Sem arcondicionado e travesseiros. Apenas meu colchão duro e o teto vermelho. Cansei de não dormir esperando você ligar. Meu telefone insiste em não tocar.

Vou pegar o meu mais curto vestido e o mais forte batom e andar por aí. Sem destino. Sem porto pra embarcar. Apenas deixar a vida me levar. Esperando algum sapo cruzar o meu caminho. Não quero mais principes, nem conto de fadas. Nem bilhetes de amor em guardanapos. Você sabe que você não é mais o meu grande amor. Nunca foi.

Já era. Vou alimentar meu gato com a ração preferida sabor salmão. Inflar meu ego com elogios em frente ao espelho, vermelho de tanto eu beijá-lo. Ensaiando pra quando você chegasse, mas você não chega, José!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: