Dos vários tipos de sorrisos e defeitos: a anunciação de um sentimento

27 de dezembro de 2010

Olha, eu pensei, pensei, pensei e nada de saber algo realmente bonito pra te dizer, com todas aquelas palavras pomposas que tu usas, com todo o garbo de advérbios e conjunções que tu sabes empregar tão bem. Ah, benzinho, não sei dessas coisas, não… Meu negócio é mais direto e simples, só que eu pensei que se eu falasse assim na lata, tu poderias achar que era papo furado de quem acordou com a pá virada… Então já sabe, é de verdade o que vou dizer aqui, não é pra rir de mim, tá? Promete? Eu sei que vai rir, não sei por que ainda peço que tu prometas isso! Tá, o que eu tenho pra falar é que eu te amo e que tu és o homem da minha vida. Pronto, agora pelo menos para de rir, para de rir senão eu vou fazer algo que ainda não sei o que é, mas faço, ouviu bem?!

Nem sei mesmo porque to dizendo isso tudo, no fundo não te amo, para de rir! Não amo e pronto. O que eu amo é essa tua cara amassada quando acorda e não consegue dizer nem uma frase completa, amo mesmo é teu assobio no elevador, amo teu “bom dia” quando é tarde, teu “boa tarde” quando é noite… Amo também tua teimosia dizendo que o carro ficou estacionado de um lado, fazendo-me andar desnecessariamente, um castigo pelo salto alto, só pode, hunf! Amo tua cara de bêbado. Ah, a de sóbrio também, confesso. Amo tuas torradas queimadas, teu estrogonofe com leite condensado quando tu insistes que a lata é de creme de leite, amo teu cabelo desgrenhado e tua gravata folgada. Amo teu despertador atrasado, tua cara de birra quando temos que visitar teus parentes distantes, teus óculos embaçados, teu celular perdido e quando tu te perdes e leva-me contigo.

Ai, se não for demais, amo tuas ligações quando estou na casa da costureira fofoqueira, amo tua implicância com meus amigos homens, teus ciúmes bobos e infantis. Amo quando tu censuras minhas saias e vestidos, minhas maquiagens e meus esmaltes, quando tu me queres só pra ti, quando tu me tens só pra ti. Amo tua toalha molhada em cima da pia. Ah, pausa para esse item: acho que eu amo muito tua toalha molhada em cima da pia! Tu não tens noção de como amo isso, de como amo te ter e ter tua toalha molhada em cima da pia! Meu Deus, eu tenho um homem que três vezes ao dia me faz lembrar que ele existe em minha vida, que existe e está aqui comigo, um homem que deixa a toalha molhada em cima da minha pia, não na pia da vizinha ou na tela do cinema ou nas páginas do livro ou na conversa do lavabo do cabeleireiro… A toalha em cima da pia está aqui, na minha frente, com aquele teu cheiro e quase sempre com o nosso cheiro. Acho que um dia escreverei só sobre essa toalha, porque tu não tens noção da felicidade que tenho quando a olho e brigo contigo pra não perder o costume, quando jogo-a no chão é o momento de mais puro amor que pode existir, se não fosse a toalha molhada em cima da pia, acho que eu não te amaria tanto, essa é a verdade. O meu homem e sua toalha molhada em cima da pia… É, sou uma mulher verdadeiramente feliz.

Agora para de rir mesmo, para que to avisando e é sério! Se tu não parar, eu… Eu… Eu… Eu vou racionar meus sorrisos de manteiga pelas tuas torradas queimadas, meus sorrisos incoercíveis de teus estrogonofes doces, até mesmo os sorrisos que te fazem acordar também sorrindo, que são teu Sol em plena noite e tua Lua em pleno dia. Se não parar, inclusive os meus sorrisos que são tua bússola entrarão no castigo, além daqueles que te embriagam e te despertam, que te penteiam para depois te despentear, os meus sorrisos de quem te ama sem nem te conhecer, afinal, esses são os mais sinceros: os meus risos de quem não te conheces, mas tem a certeza que um dia tudo isso irá acontecer e nós dois iremos rir lendo isto e tu saberás do caso da toalha molhada e vai aproveitar-se disso e eu brigarei tentando esconder esse sorriso, o sorriso que tu não podes ver, mas que de todos é o que mais gosto de ter.

É, acho que eu te amo mesmo. Eu amo todos os defeitos e sem eles não viverei, benzinho. Então vem logo porque minha pia e eu estamos ansiosas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: