Idéias antitéticas?

26 de novembro de 2010

Ele sentado assistia algum filme da sessão da tarde. Ela com a cabeça em seu colo lia a mais nova edição de alguma revista de fofoca. Os tiros da TV ecoavam por todo o quarto, além deles só o barulho das páginas passando rapidamente matava o silêncio.

– Tenho que depilar meu suvaco. Mas a depiladora tá com o horário cheio.

– Axila, amor, axila.

Ele seguia vendo Axel Foley tentando prender algum bandido em um parque de diversões. Ela seguia analisando meticulosamente os vestidos das famosas no lançamento de uma nova novela.De repente ela tira uma meleca do nariz e cola debaixo da gaveta do criado-mudo. Ele apenas ignora.

– Acho que esse é o último filme legal do Eddie Murphy, não é amor?

– É sim. – responde ela, sem ao menos dar uma olhada na TV e soltando um sonoro peido. – Acho que vou dar uma cagada.

– Esse foi fedorento, hein? Mas diga que vai fazer cocô, amor. Soa menos ofensivo.

– Mas pela feijoada que comi, aposto que será bem ofensivo.

– Então feche a porta.

Ele seguia sua empolgação de assistir ao Tira da Pesada III e ficou pensando como era engraçado o Principe Em Nova York. Deveriam ter lançado um box com os filmes do Eddie Murphy dessa época. Iria procurar na Internet.

– BenhÊEêEêEÊÊ

– O que foi, amor?

– Acabou o papel. Como eu vou limpar meu cu?

– Toma banho e lava com água e sabão.

– Que nojo, bemzinho.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: