Os noivos e o Papai Noel

11 de novembro de 2010

Enquanto ela abria o último presente debaixo da árvore de natal, eutentava esconder as aliança embaixo da cama como se fosse Papai Noel, sempre pensei em um jeito criativo de pedi-la em casamento. E achei um meio babaca mas surpreendente. O velho truque idiota de várias caixas de diversos tamanhos uma dentro da outra.

Ela ria com o liquidificador que ganhara daquela tia velha que sempre dava pijamas quando eu era criança. Mas eu adorava aquela velhinha. Passava horas e horas jogando as almofadas do sofá dela no meio da rua.

Eu estava tenso, não sabia qual seria a reação dela. A gente sempre falava em casamento, em coisas do tipo, mas nunca tinha pensado no concreto da coisa. Eu já tinha um bom dinheiro e ela conseguira um emprego bacana num escritório famoso. E já namoravamos a uns bom punhados de anos.

Nossa troca de presentes costumeiramente ocorria em um jantar no dia 25. À Luz de velas, apenas nós dois. Ela que tinha idéias romanticas e bonitinhas. Eu apenas era levado e curtia. Mas dessa vez seria minha vez da surpresa.

Ocorre que naquele dia a cama quebrou e caiu em cima do presente. Me desesperei, mas ela acabou achando o pacote antes do programado que teria café na cama e etc. Ela disse o sim mais rapido que um “instacall” nuts no poker. E a noite de amor depois que viramos noivos realmente foi bem melhor que antes. E enfim, felizes para sempre!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: