step by step.

17 de agosto de 2010

Sei que te devo muito. Devo a você a volta das minhas noites bem dormidas após uma meia-maratona sexual. A volta dos meus sonhos sem medo da minha ex aparecer com um punhal e me matar. Com você pude degustar sorvete de doce de leite. Ouvir o que eu quisesse ouvir. Amar coisas pequenas que antes me eram negadas. Você foi perfeita.

Eu, menino novo, não sabia o que era ter uma mulher de verdade. BOa tarde. Adorei ter me levado a lojas caras e mudado meu visual. Estilo. Evoluí. Você foi minha escultora, quase Michelangelamente me fez alguém melhor. Costurou todos os retalhos do meu coraçao de pano tal qual um Alfaiate. Aquele do filme.

Fez do meu rascunho arte final. Num retoque total. E me ensinou a ser bem melhor. Novas posições. Novas ambições. Como se dirige um carro automático. Minha Jane, seu Tarzan. Cortei meu cabelo. Aprendi a beber. Coisas sobre o céu e o mar.

Posso escrever um livro agora. Gravar um disco. Plantar uma arvore. Quero mesmo é ter uma Lamborghini. Mas voltando, agradeço tudo de coração, realmente. Nunca te esquecerei. Até farei um texto pra você.
Quem sabe uma dedicatória. Valeu mesmo. Agora tô indo.

Preciso seguir o meu caminho. Com a asa curada, posso voar de novo. Tenho que ir pro sul. Pra longe da temporada de caça. Beijo, me liga. Talvez um dia eu volte. E quem sabe?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: