Camisola e boné

5 de agosto de 2010

Óculos escuros, cabelos negros lisos. Pele bronzeada, o mais belo sorriso. Opa, ganhei a sorte grande. Vejo você pela janela do meu quarto. Apenas na minha imaginaçao. De vez em quando perco seu retrato, mas encontro na decoração. Que na verdade é o meu computador.

Óculos de grau, camisola e boné. Pele bronzeada, cheiro de mulher (pelo menos eu acho que você deva ter). Vejo você pelo meu computador dentre tantas conversas abertas. Você mal sabe quem eu sou, Mas no fim saberás que está certa. Já não tenho pra onde ir. Não posso mais me esconder E toda vez que você sorri entendo o real porquê.

Outra Foto.

Sem óculos, piercing no nariz. Pele bronzeada, talvez alguma cicatriz. Vejo você em toda parte. Acho até que você nao existe. Talvez tenha vindo de Marte E more em algum satelite. Já não tem porque fugir. Não posso mais só esquecer. E toda vez que você sorri Entendo o real porquê.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: