Entre venenos e antidotos

11 de julho de 2010

– Lembre-se é do próprio veneno que se extrai o antidoto.

Foi isso que ouvi quando minha mãe entrou no meu quarto após ouvir meus soluços chorosos. E lhe perguntei e agora, mãe? E agora?

Pra que merda ela falou isso? Na hora eu nem liguei, só pensei. Não se pode conversar com mãe sobre essas coisas. Lágrimas só combinam com meu travesseiro. Quem sabe com um poema ou um texto em algum blog. Talvez uma bela canção. Aquela.

Quando ela repetiu a frase ontem na mesa do jantar pro meu irmão menor, enfim eu entendi.

Na verdade, não sei se era isso que ela queria dizer, mas foi o que entendi.

Se estamos sofrendo por algo. Aquele algo é que nos curará. Então, procurei na minha mente todos os defeitos dela. Tudo que odiava nela. Pra me sentir melhor.

Lembrei que ela odiava minha músicas. Meus textos. Meus poemas. Meus amigos. Futebol. Fanta Uva. O jeito como eu falava. Minhas bolinhas de papel. Minhas piadas sem graça. Odiava meu cabelo. Minha barba. O caminho que eu escolhia pra voltar pra casa. Minhas camisas de time. Odiava quando eu arrotava alto pra fazer vergonha. Quando eu gritava seu nome no pátio da escola. Quando eu mandava flores pro serviço. Quando eu pedia silêncio no cinema.

Resumindo. Ela me odiava.

Então estou melhor!

Valeu, mamãe!

Anúncios

Uma resposta to “Entre venenos e antidotos”

  1. Jéssica Says:

    Já discuti com um cara porque ele me mandou rosas vermelhas do nada. Brega, desnecessário, pretencioso. E cheiro de velório. E murcham. E ele não era o cara. E mamãe que recebeu e ficou achando que eu namorava com ele e não contei pra ela, que não confiava nela e blá blá blá.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: