Você é tudo que sonhei

1 de julho de 2010

De repente, você abre a porta do seu quarto escuro. Onde estava preso remoendo as suas mágoas, cutucando velhas feridas. E encontra a luz, um ponto de fuga. Um sorriso. Assim que me sinto, agora. Como um poema.

Você é tudo que sonhei
(George Raposo)

Eu cheguei a acreditar que não existia amor
Mas quando vi o seu olhar, tudo mudou
No escuro dos seus olhos perdi minha razão
Joguei palavras foras, te dei meu coração

Você é tudo que sonhei
A garota mais bonita, meu futuro e presente
Você é tudo que pensei
A história contada de um jeito diferente

Aprendi que tudo pode acontecer
Uma segunda chance, eu e você
Todo jogo tem um segundo tempo
E talvez haja uma chance pra nós dois

Estou com você e não quero estar em outro lugar
Apago a luz, fecho os olhos e com você posso sonhar

Entre a porta aberta e o balançar de seus cabelos
O vento seco no meu rosto
E o gosto de sal me lembra você
Entre a palavra certa e um olhar para o espelho
O vento muda o seu gosto
E é seu rosto que nunca vou esquecer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: