não vou me atrasar

23 de junho de 2010

Devia ter feito a barba, pensou antes de tomar mais um gole do seu suco de laranja e arrancar outro pedaço do croissant. Ajeitando seus óculos Giorgio Armani de volta ao lugar pegou o caderno de esportes e procurou saber o que já sabia. O craque do seu time ia embora, as vesperas da grande final. Outra mordida no croissant dessa vez com raiva. Devia ter vindo com a gravata vermelha.

Marca um encontro ocular com os ponteiros do relógio. Sente uma vergonha por não saber que horas são de imediato. Deveria ter penteado o cabelo, pelo menos dessa vez.9:30. Ainda era cedo. Muito cedo.

Decidiu ver o que se passava no tal twitter. Fizera aquilo por insistência da namorada. Agora ela era só uma lembrança. Ex. Que palavra forte que nem chega a ser palavra. Só um prefixo. Deveria ter estudado mais gramática.

Nada de interessante. Apenas comentários sobre o jogo da Inglaterra. O gol do Eua no último minuto. Copa do mundo. Sem saco pra futebol. O “craque” tava indo embora. Já pode beber? Deveria ter trazido o notebook.

Duvidava da combinação sapatos marrons-calças pretas. Pelo menos o cinto era marrom. Aprendeu algum tempo que tinha que combinar cinto-sapato. Algo que já fora desmentido por aí, mas ele era conservador. Achava ser.

Adorava a solidão matinal dos cafés. Não era fã de comer nesse horário, mas aprendera a mudar hábitos. Sonhos e promessas. Desenhou alguns bonecos no seu bloco de notas sempre companheiro. Deveria ter virado cartunista.

Será que ela vai ligar, se perguntava terminando seu desjejum. Esperar apenas 2 horas não lhe faria mal. Deveria ter trazido um livro. Seu desafio era matar o tédio. Escrever um poema seria uma boa. Ainda teria algo pra mostrar a ela quando chegasse.

Olhava pro papel e ele retribuia o olhar. Branco. Com um sorriso que dizia: Você não vai conseguir, você não vai conseguir. Amassou aquela folha saliente e resolveu olhar ao seu redor. Algo poderia inspirá-lo.

Na hora marcada

10 minutos de atraso. Eu não vou me atrasar, ela repitiu pelo menos cinco vezes ao telefone. Todos os traumas e indecisões começam a borbulhar na cabeça dele. Ela ficou de ligar pra dizer que estava vindo. Ela desistiu. Encontrou um cara mais bonito no caminho. Morreu. Não me atende. Deveria ter ficado na minha e não marcado nada.

– Oi, reparei que você não tira os olhos de mim. – o surpreende uma garota dos cabelos negros e da pele branca que tinha passado desapercebida até então.

– Não poderia ser diferente. Como não se hipnotizar por uma beleza dessas!

…50 minutos depois ELA chegou e não o encontrou no lugar combinado. Deveria ter ligado pra dizer que iria me atrasar, pensou…

Anúncios

Uma resposta to “não vou me atrasar”

  1. Anna Lígia Says:

    Adorei o detalhe do óculos Armani!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: