Por quê Argentina?

12 de junho de 2010

Tenho poucas recordações do meu pai lá em casa. Ele só morou com a gente até os meus quatro anos. Das coisas que eu me lembro foram que ele me obrigava a comer ovo cru, não como ovo até hoje. Lembro do fanatismo que ele tinha por Nelson Piquet, tenho uma miniatura do capacete dele no meu quarto e uma Brabham de brinquedo.

E a terceira coisa foi na Copa de 86, eu acredito que tenha sido depois do golaço contra Inglaterra, mas não tenho certeza. Eu estava lá sentado no tapete da sala. Meu avô e meu pai assistindo o jogo e eu com meus carrinhos curtindo algum pega muito louco. De repente um QUE FOI ISSO? e meu pai em pé olhando pra TV aplaudindo visivelmente emocionado. Aí que reparei o jogo. E fiquei simplesmente apaixonado por aquela bandeira. Aquele sol, aquele baixinho feio.

Não, meu pai não torce pra Argentina. Nem meu avô (apesar de ter pais que moraram a vida quase toda por lá). Ah! Eles torceram pro Schumacher a vida toda. Sim, eles são fanáticos por automobilismo não por futebol. Mas olhar meus ídolos, reverenciando alguém em frente a TV, foi marcante.

O resto é história…quem me conhece sabe que sempre torci e acho que sempre torcerei.

E hoje, ao ver que mesmo barrigudo, barbudo, de terno e sapato social aquele baixinho ainda domina a Jabulani me bateu uma saudade do meu pai e do meu avô.

Acho que almoçarei com eles amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: