Fantasmas da Solidão

9 de junho de 2010

De repente um barulho vindo da janela. Eu já sei o que é. Já sei quem são. Sempre aparecem nesses dias. Os fantasmas da solidão. Entram pela janela. Deitam na minha cama. Puxam meu cobertor. Ligam a TV no canal de compras. Superalimentam meus peixes. Tiram meus Dvd’s da ordem alfabética. Enfim, bagunçam minha vida. Meu quarto. Mas isso é o de menos. O problema é quando resolvem me seguir por aí. Acredito que foram eles que sequestraram meu anjo da guarda, meu juízo e minha consciência.

E agora? Eles voltaram. E eu já não lembro como lidar com eles. Até sentia falta. Mas juro que não estava preparado agora.

Nesse momento, ela está deitada na minha cama lendo em voz alta “O Apanhador do Campo de Centeio”. Ele domina o meu controle remoto e assiste pela 4ª vez seguida ao filme Crepúsculo. (Acho que é pra me mostrar que eu não devia ter cedido e comprado essa merda pra agradar aos outros).

E eu aqui, escrevendo. Ouvindo Buffalo Springfield no volume mais baixo pra não atrapalhá-los. Dessa vez, provavelmente, eles ficaram aqui por muito tempo. Os Fantasmas da Solidão.

Agora só posso me acostumar com eles.

* Venha me salvar, minha anjinha, venha! *

Anúncios

Uma resposta to “Fantasmas da Solidão”

  1. meumaracujah Says:

    superalimentam meus peixes. isso sim bagunça o sujeito! #essesputos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: