Castelos da Imaginação

3 de maio de 2010

No meu msn, cheio de inspiração. Pedi uma sugestão pra uma amiga de sobre o que escrever. Ela respondeu: amor e ilusão. Opa, sou um mestre nesse assunto. Em ilusão, não em amor. Mas acredito que andam lado a lado. Se olhando torto e querendo se abraçar. E então, se cria toda uma história ao redor dela: os famosos CASTELOS DA IMAGINAÇÃO.

Castelos da Imaginação

(George Raposo)

Olhar pra trás
Não vai fazer ela te olhar
Foram as pedras no caminho
Que mudaram de lugar

E tudo estava tão ensaiado
A vida como um filme de amor
Com frases feitas, beijos falsos
E a melhor atriz, o pior ator

Era tudo ilusão
O mundo que criei em minha mente
Na verdade só existe dor
E aí, como você se sente?

Ao saber que não foi nada
Que era apenas fingimento
Sonhos escorrendo pelo ralo

Ao saber que não foi tudo
Que era apenas sofrimento
Como o primeiro cigarro

Olhar pra frente
Ser otimista não é pra mim
Amor e ilusão lado a lado
E vamos assim até o fim

E tudo estava programado
Andar na linha, manter o passo
Com sorrisos, olhares e
No fim, o que que eu faço?

Era tudo ilusão
Cavaleiro enfrentando bandidos
Invadindo o castelo da imaginação
Pra salvar a princesa bonita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: